31 anos de Dedo Verde: Boa Vista celebra com programação especial

Crédito:

Compartilhe:

A semana começou em clima de celebração com o aniversário de 31 anos do projeto Dedo Verde. Para comemorar essa iniciativa que é símbolo de sustentabilidade ambiental, a Prefeitura de Boa Vista promoveu nesta segunda-feira, 15, no Horto Municipal, local onde funciona a sede, uma programação especial que incluiu apresentações, atividades esportivas, passeio guiado e muito mais.

De acordo com o prefeito Arthur Henrique, em três décadas de execução do programa, foram contemplados mais de 21 mil jovens e suas respectivas famílias. Além de proporcionar aos participantes oficinas e atividades ambientais, a iniciativa também tem como principal objetivo o fortalecimento dos vínculos familiares.

“O Dedo Verde é nosso projeto mais antigo e, com ele, vidas de milhares de integrantes e familiares foram transformadas. O foco é no meio ambiente, porém o projeto cumpre o importante papel de apoiar jovens em situação de vulnerabilidade social, oferecendo apoio psicossocial, além de vale-transporte, bolsa auxílio, fardamento e outros benefícios. Nossa intenção nos próximos anos é desenvolver um grande projeto de arborização da cidade e esses jovens serão fundamentais para o sucesso dessa ação”, explicou Arthur.

A secretária de Gestão Social, Nathália Cortez, destacou a evolução do programa ao longo dos anos. “Na gestão do nosso prefeito foi ampliado o número de vagas, dobrando a quantidade de jovens atendidos. Além disso, aumentamos o valor da bolsa e passamos a oferecer novos benefícios. Avanços que, de fato, fazem a diferença na vida dos integrantes e suas famílias”, disse.

Conexão e respeito pela natureza

Quem faz parte do projeto reconhece as contribuições. Como é o caso da jovem Iane Rhauane, de 15 anos, integrante do Dedo Verde há dois anos. “Tenho aprendido muito com o projeto, principalmente a olhar para a natureza com mais sensibilidade, carinho e respeito. Hoje em dia sei plantar, mexer com adubo e também a reciclar alguns materiais. Além disso, aqui também aprendi a ter empatia com meus colegas, pois somos uma grande família, que celebra conquistas e apoia nos momentos difíceis”, contou.

Wendreo Félix, de 16 anos, participa do Dedo Verde há pouco mais de 3 anos e meio. Trajetória que, segundo ele, é repleta de muito aprendizado. “O projeto me ajudou a ver delicadeza na natureza e me preocupar com o meio ambiente. Aprendi muitas coisas novas e importantes que contribuem muito na minha vida pessoal, como me comunicar melhor, por exemplo. Além disso, levei esses ensinamentos para casa e hoje preparo a terra e planto junto com a minha mãe”, falou.

Mais sobre o Dedo Verde

Instituído em 14 de abril de 1993, o projeto atende jovens com idade entre 14 e 18 anos. Atualmente integram as atividades 193 alunos, que no contraturno das aulas participam, duas vezes por semana, de oficinas, palestras, atividades teóricas e práticas relacionadas ao meio ambiente e sustentabilidade.

Eles aprendem a cultivar, plantar, nome das plantas e a fazer compostagem. O Dedo Verde promove a educação com acompanhamento psicossocial e pedagógico para prevenção de riscos e protagonismo juvenil com ênfase na cidadania ambiental, por meio de oficinas. Entre os benefícios estão: vale-transporte, fardamento, lanche, almoço, cartão do bem e bolsa auxílio no valor de R$ 230.

PUBLICIDADE