Em RR, ministro da Infraestrutura se compromete a recuperar BR-174

Crédito:
O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, assumiu o compromisso nesta segunda-feira (16) de revitalizar totalmente a BR-174 em Roraima. O anúncio ocorreu  durante visita técnica do ministro a Roraima.
Na ocasião, o ministro reforçou que não medirá esforços e que não faltarão recursos para que a rodovia seja recuperada. “Hoje nós queremos assumir esse compromisso com a população do estado de Roraima, do Amazonas e do Norte, que nós não vamos evitar nenhum esforço para que a gente possa ter essa rodovia recuperada por integral”, afirmou. “No final dessa visita técnica, iremos fechar efetivamente todo o recurso necessário para recuperar integralmente a BR 174. Reforço que não faltará um centavo para que possamos deixar essa rodovia trafegável” completou.
A BR-174 é a única ligação rodoviária de Roraima com o resto do país. Durante o roteiro no estado, a comitiva que contou com a presença do governador Antônio Denarium (PP), e do deputado federal Nicoletti (União Brasil),  ainda realizou visitas técnicas aos 2,2 km de duplicação da BR-401/RR, às obras na BR 432 que estão sendo realizadas pelo Exército Brasileiro e ao Terminal de Passageiros do Aeroporto de Boa Vista.
Na agenda com a comitiva, o deputado comemorou a notícia e reafirmou a importância da obra para a população de Roraima. “Estou feliz porque recebemos essa notícia do compromisso do ministro Marcelo Sampaio em relação à BR 174. Foi uma cobrança do governo e da bancada. Mandei vários ofícios para o ministério cobrando para que a gente pudesse resolver essa questão. São vários produtores, passageiros, agricultores familiares que necessitam passar pela BR-174, não só no trecho do Amazonas, mas de Roraima também”, reforçou Nicoletti.
“O ministro firmou aqui esse compromisso! Essa iniciativa vem também do governo Bolsonaro, o nosso presidente tem esse engajamento com o nosso estado. Então parabéns ao presidente, ao ministro, ao general Santos Filho e a toda a equipe do Ministério da Infraestrutura”, completou.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE