Senador e internautas criticam aliança de Teresa e Jucá com Neudo Campos

Compartilhe:

A aliança entre o grupo do ex-senador Romero Jucá e da ex-prefeita Teresa Surita (MDB), com o ex-governador Neudo Campos (PP), vem sendo duramente criticada.

O senador Telmário Mota afirmou que Neudo e Jucá destruíram Roraima, e o que o povo não irá mais acreditar neles.

“Neudo campos e Romero jucá, dois ladrões do estado de Roraima. Neudo se ajoelhou nos pés do Jucá. O povo não vai acreditar mais nisso. Tanto Neudo quanto Jucá destruíram Roraima. Graças a gestão de Denarium e o apoio de parlamentares federais estamos reconstruindo Roraima”, disse.

REPERCUSSÃO NEGATIVA

A união entre Teresa, Jucá e Neudo, também recebeu diversas críticas da população nas redes sociais. Em uma publicação, um internauta lembrou que Jucá e Neudo eram antigos desafetos. “Antigamente Jucá metia o pau no Neudo e agora estão juntos. Política sendo política”, disse.

Em outro comentário, uma internauta classificou a situação como “baixaria política”. “Baixaria! Um dia desses se odiavam, inimigos mortais e hoje estão aliados”.

Outro internauta afirmou que a ex-prefeita está desesperada. “Desespero da ex-prefeita [Teresa Surita]. Se aliar ao maior gafanhoto do mundo e marido da pior ex-governadora que faliu Roraima. Brincadeira quem votar nessa mulher, frisou.

ENTENDA

Um vídeo publicado nas redes sociais, no sábado, 11, durante a cerimônia de filiação no MDB do ex-vereador Paulo Linhares, sobrinho de Neudo, teve ampla repercussão devido à presença do ex-governador ao lado de Jucá e Teresa.

Em pronunciamento durante a solenidade, Neudo afirmou que Jucá foi um dos poucos parlamentares que trouxeram recursos para Roraima. “Um parlamentar que como poucos no Brasil sabe buscar recursos para fazer as obras que precisam ser feitas no estado, é Romero Jucá. Digo porque acredito que é o melhor para Roraima”.

Em sua publicação, que omitiu imagens de Neudo no evento, Jucá declarou que “Paulinho Linhares, sua família e todos que o apoiam, agora estão juntos com o Time MDB RR”. “Temos que somar forças, buscar pessoas que tenham compromisso e o coração dedicado a Roraima”, escreveu.

Apoio para 2022

Ainda não há manifestação pública de ambas as partes, mas fontes do Política Macuxi afirmam que algumas reuniões entre Teresa, Jucá e Neudo já ocorreram e que o ex-governador cogita apoiar a candidatura da ex-prefeita ao governo em 2022.

Ao abrir as portas do MDB para ter como candidato a deputado federal Paulo Linhares, que atualmente ocupa um cargo na Prefeitura de Boa Vista, Romero Jucá ganharia o apoio do grupo político comandado por Neudo.

Adversários históricos

Neudo, Teresa e Jucá eram, até aqui, adversários históricos, com longa trajetória de acusações mútuas.

Em entrevista coletiva realizada à época em que era governador do Estado, Neudo acusou Jucá ter se tornado o homem mais rico de Roraima às custas de dinheiro público. “Romero Jucá tem 3 emissoras de televisão, tem duas emissoras de rádio, shopping em recife, aviões, jato. Romero Jucá é a maior fortuna de Roraima e ganhou isso do erário público”, afirmou.

Já Romero Jucá, em pronunciamento feito quando era senador da República, em 2014, chamou Neudo de líder de quadrilha. “Vai assumir em janeiro uma quadrilha em Roraima comandada pelo governador Neudo campos condenado a 60 anos de prisão. Não está preso ainda porque o processo não terminou de tramitar na Justiça. Fazem 12 anos que esse cidadão chegou em Roraima algemado”, declarou.