You are currently viewing Mesmo com aulas presenciais, Prefeitura gasta quase R$ 1 milhão por transmissão na TV
Foto: Semuc/Prefeitura de Boa Vista

Mesmo com aulas presenciais, Prefeitura gasta quase R$ 1 milhão por transmissão na TV

A Prefeitura de Boa Vista pagará quase R$ 1 milhão em recursos públicos na contratação de emissora de televisão aberta para transmitir as aulas da rede municipal de ensino, mesmo após anunciar o retorno das atividades presenciais nas escolas.

Conforme o edital de pregão eletrônico nº 143/2021 referente ao processo nº 006776/2021, da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec), a empresa contratada pelo município pelo valor de R$ 971.518,00 foi o Sistema AR de Comunicação LTDA, com nome fantasia de TV Ativa.

Aberta em setembro de 2005, com sede em Boa Vista, a empresa possui capital social de R$ 120 mil e tem como principal ramo econômico atividades de televisão aberta. Conforme o contrato, a emissora fará serviços de filmagem, produção, edição e transmissão das aulas em formato online veiculadas 200 minutos/dia em dois horários fechados para atender os alunos da rede municipal de ensino. Não foi informado o período de vigência do serviço.

No edital publicado duas semanas antes do anúncio sobre o retorno das aulas presenciais, ocorrido no início deste mês, o município justificou a contratação considerando a grande defasagem de acesso dos alunos desta rede de ensino às aulas via internet “de acordo com o cumprimento da legislação educacional vigente, quanto à oferta de ensino público com qualidade, visando alcançar a todos os alunos da Rede Municipal”.

AULAS PRESENCIAIS– O retorno das aulas presenciais na rede municipal de Boa Vista está previsto para 13 de setembro. Antes, a Prefeitura anunciou que pais e alunos do 2º ao 5º ano devem passar por fase de readaptação e o nível de conhecimento das crianças será avaliado com a Prova BV.

Outro lado- Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que existe um processo em andamento para contratação de uma emissora de TV aberta para fazer a transmissão das aulas da Rede Municipal de Ensino.

A secretaria ressaltou que a contratação se dá em virtude das aulas presenciais não estarem ocorrendo em sua totalidade. “E a partir de 13/09, com o retorno das aulas presenciais em formato escalonado e rodízio, 50% da turma estará presente na escola a outra metade assistirá a aula em casa, pela TV, fazendo o revezamento na semana seguinte”, justificou.

Deixe um comentário