You are currently viewing Internautas denunciam diploma antigo de Teresa com sobrenome de atual marido

Internautas denunciam diploma antigo de Teresa com sobrenome de atual marido

Ex-prefeita publicou vídeo em que mostra certificado de faculdade de Turismo, concluída em 1979, quando era solteira

A ex-prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (MDB), publicou um vídeo nessa quinta-feira (22) em redes sociais, em que exibe o diploma do curso de Turismo. Concluído em 1979, o certificado apresentado por Teresa exibe o sobrenome do atual marido, Marcello Guimarães, com quem se casou 34 anos após a emissão do certificado.

No vídeo, Teresa fala do documento como seu “primeiro diploma”. Internautas notaram a divergência de dados e fizeram especulações nas redes sociais.

Reprodução/Facebook. (Imagem foi alterada para preservar identidade dos internautas).

 

O vídeo faz parte de uma série de postagens da ex-prefeita nas redes sociais. Ela já anunciou publicamente que quer concorrer ao governo de Roraima em 2022.

“Eu tava (sic) arrumando os meus documentos e olha só o que eu encontrei. Eu tinha 20 anos quando me formei como a bacharel em Turismo. Vocês sabiam que eu sou formada em Turismo? E como quem ama Roraima e quem ama Boa Vista, é uma coincidência muito boa saber do nosso potencial turístico e como isso pode ser aproveitado. Então isso é pra lembrar, de tanto tempo atrás, o meu primeiro diploma”, afirmou a prefeita.

O sobrenome Guimarães é do empresário e atual marido Marcello Guimarães, com quem é casada desde 2013. Ele chegou a ser nomeado como consultor-geral do Município de Boa Vista em 2015, cargo  ocupado atualmente por Teresa, mas a Justiça Estadual determinou a exoneração do empresário a pedido do Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR). O salário atual para o cargo é de aproximadamente R$16 mil.

A reportagem questionou a assessoria da ex-prefeita sobre a divergência no certificado, mas não houve retorno até o fechamento da matéria.

Apesar de ter dito no vídeo que havia encontrado o documento por acaso, a ex-prefeita fez um comunicado em rede social, informando que os documentos foram atualizados.

Ex-Jucá

À época da conclusão do curso de Turismo, a ex-prefeita era solteira e se casaria com o ex-senador Romero Jucá, com quem permaneceu unida até 2003, e protagonizou um dos casais mais poderosos da política local. Os dois ficaram juntos até 2003.

Natural de São Paulo, Teresa era casada com Jucá quando chegou a Roraima, em 1989, quando foi coordenadora de Ação Social do Estado, quando o ex-marido era governador.

Ela iniciou a carreira política com o sobrenome Jucá e ainda mantém relações políticas com o ex-marido, que é companheiro de partido, o MDB. Juntos, participaram ativamente da campanha que elegeu Arthur Henrique, da mesma sigla, como prefeito de Boa Vista.

Em 2019, a partir de uma denúncia do MPRR, Teresa foi condenada à perda da função pública e a suspensão dos direitos políticos improbidade administrativa.

Arthur Henrique, Teresa Surita e Romero Jucá, durante a campanha que elegeu Arthur para prefeito de Boa Vista. Foto: Comunicação-Romero Jucá

 

Identidade visual

No certificado, chama a atenção também a aplicação do logo da Universidade Anhembi-Morumbi. A marca exposta no certificado é a atual e não coincide com a utilizada em 1979, ano em que Teresa se formou na faculdade. A identidade visual, como as fontes utilizadas, também são as adotadas pela universidade atualmente, e não em 1979.

A reportagem procurou a universidade para esclarecer se um novo certificado foi emitido com o nome de casada da ex-prefeita e aguarda o retorno.

 

Deixe uma resposta