You are currently viewing PROJETO: Ferrovia entre Boa Vista e Georgetown pode facilitar exportação de produtos
Reunião discutiu importância da construção de uma ferrovia que liga os dois países (Foto: Thiago Orihuela /Supcom ALE-RR)

PROJETO: Ferrovia entre Boa Vista e Georgetown pode facilitar exportação de produtos

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier (SD), recebeu, nesta terça-feira (12), o senador Telmário Mota (Pros) e representantes de uma empresa do ramo ferroviário, para apresentação de um projeto de construção de uma ferrovia de Boa Vista até a capital guianense, Georgetown.

Os deputados Marcelo Cabral (MDB) e Renan Filho (Republicanos) também participaram da reunião. A intenção é que o Governo de Roraima desenvolva um projeto de lei para autorizar o investimento privado na construção da ferrovia.  Do papel à execução do projeto, conforme apresentação, serão cerca de sete anos.

O pontapé inicial será a aprovação na Assembleia Legislativa. “Sem a aprovação desse projeto você não cria as perspectivas de uma economia com praticidade”, explicou Jalser Renier.  O parlamentar destacou que o projeto estimulará investidores ao mercado local. “Estamos com passos bem largos neste objetivo, que é chegar a Georgetown”.

De acordo com o senador Telmário Mota, a ferrovia facilitará a exportação de produtos nacionais e a integração entre os dois países. “Dessa forma a gente vai fazer o intercâmbio e levar o nosso produto no mercado europeu, americano, muito mais em conta, porque a ferrovia permite”, complementou.

A proposta prevê a construção de 108 quilômetros de ferrovia entre Boa Vista e Bonfim, 504 quilômetros de Lethem (fronteira com o Brasil) a Georgetown (capital), ou 532 quilômetros de Lethem a Nova Amsterdã, um porto guianense importante para exportação. Os trilhos serão de 1,60 metros de largura para serem percorridos a 80 quilômetros por hora. Propostas similares já foram apresentadas e aprovadas em outros estados como Pará e Minas Gerais