Ottaci e Lenir anunciam programa de atenção básica à saúde dos moradores de comunidades indígenas

Ottaci e Lenir anunciam programa de atenção básica à saúde dos moradores de comunidades indígenas

Os candidatos da coligação “Boa Vista Para Todos”‘, Ottaci Nascimento (Solidariedade) e Lenir Rodrigues (Cidadania), visitaram as comunidades indígenas da área rural de Boa Vista. Se eleitos, Ottaci e Lenir vão dar atenção especial à saúde, à educação e às atividades produtivas dos povos tradicionais.

 

“Não se pode falar em desenvolvimento de Roraima sem inserir as comunidades indígenas nesse contexto. Vamos melhorar a saúde, a educação, a produção e fazer consultas públicas nas comunidades para efetivar as políticas públicas conforme suas necessidades”, enfatizou Ottaci.

 

Os candidatos estiveram nas comunidades Bom Jesus, Lago Grande, São Marcos e Campo Alegre. As lideranças informaram que nos últimos oito anos, a Prefeitura de Boa Vista não construiu nenhum posto médico nas comunidades indígenas. Para garantir atendimento básico de saúde aos indígenas, Ottaci vai implantar o programa “Saúde Rural”.

“Vamos construir unidades de saúde e equipá-las com medicamentos e profissionais especializados. Elas vão funcionar em horário diferenciado para garantir que os moradores sejam atendidos sempre que precisarem”, ressaltou, ao observar que esse trabalho será em parceria com o Governo Federal.

Das 124 escolas municipais, apenas 12 ficam em áreas indígenas. A candidata à vice-prefeita, Lenir Rodrigues, conhece bem a realidade de quem mora longe da área urbana da capital de Roraima. Com histórico de luta em defesa dos direitos básicos dos povos tradicionais, ela destaca que, junto com Ottaci, vai implantar um sistema de ensino focado na realidade das comunidades. As escolas indígenas vão ganhar infraestrutura adequada para receber alunos e professores.

“Vamos reformar as unidades que precisam de reparos, como a de Campo Alegre, que está bem precária. Outra medida importante será a criação de um assento para os indígenas no Conselho Municipal de Educação, para os representantes da educação indígena”, completou Lenir.

Além da Saúde e da Educação, outra área que carece de apoio é a agricultura familiar. As comunidades indígenas produzem milho, macaxeira, feijão e criam gado. Toda a produção é para consumo próprio e o excedente é vendido nas feiras e comércios de Boa Vista.

O tuxaua Gebivaldo Silva, da comunidade Bom Jesus, destacou que os indígenas não querem enxada, mas maquinário para melhorar e ampliar a produção. Ele disse ainda que os indígenas precisam de apoio para escoar e comercializar os produtos. Ele cita, por exemplo, que tem 14 sacas de feijão colhido e debulhado, e não consegue vender.

Ottaci garantiu que a Prefeitura vai incentivar a agricultura familiar. “Vamos facilitar o acesso dos produtores a tratores e patrulhas mecanizadas. Também temos projetos para entrega de kits de irrigação e de insumos”, disse.

Lenir acrescentou que outra proposta é incentivar a criação de aves e suínos. “Uma das primeiras medidas vai ser disponibilizada, é a estrutura do matadouro de Boa Vista para também atender as comunidades”, informou Lenir.

Ao longo do dia, Ottaci e Lenir ouviram outras demandas dos moradores. Sobre emprego e renda, os candidatos da coligação “Boa Vista Para Todos” informaram que a coleta de lixo será feita por trabalhadores da própria comunidade. Outra proposta é investir no etnoturismo e no agroturismo. “Tratam-se de tipos de turismo que não agridem o meio ambiente e ainda permitem ao turista conhecer novas culturas”, explicou Lenir.

Outras ações importantes para promover o desenvolvimento das comunidades indígenas são o asfaltamento das comunidades, iluminação pública, criação de programas de valorização da cultura e apoio às atividades de esporte e lazer. Em todas as localidades, não há praças para que as crianças e os adolescentes possam brincar e praticar esportes.

Deixe uma resposta