ELEIÇÕES 2020 <br/> Número de eleitores cresce 5,5% em Roraima; mulheres são maioria

ELEIÇÕES 2020
Número de eleitores cresce 5,5% em Roraima; mulheres são maioria

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no próximo dia 15 de novembro, 342.651 eleitores roraimenses estão aptos a votar para escolher os candidatos aos cargos de prefeito e vereador. O número representa um aumento de 5,5% em relação às eleições de 2016, quando havia 324.805 eleitores registrados na Justiça Eleitoral.

Os dados estatísticos também mostram que o perfil do eleitorado em Roraima conta com uma maior participação das mulheres nas eleições municipais de 2020. São 175.473 eleitoras, representando 51,2% do total. Os homens correspondem a 48,8%, sendo 167.178 eleitores.

A maior parte dos eleitores está localizada na Capital, que concentra 63,47%, somando 217.477 pessoas. O segundo maior colégio eleitoral fica em Rorainópolis, com 18.775 eleitores, representando 5,48%. Na sequência aparecem Caracaraí (13.468), Cantá (12.894) e Mucajaí (11.929). O menor colégio eleitoral em Roraima é São João da Baliza, com 4.581 eleitores.

Eleitores jovens

Em comparação com eleições anteriores, houve uma queda no número de eleitores jovens com voto facultativo, ou seja, aqueles que têm 16 e 17 anos. Em 2016, eram 12.549 e, em 2020, são 4.378 aptos a votar nessa faixa etária, o que representa 1,27% do eleitorado.

Eleitores da terceira idade

Dados do TSE mostram que a população de eleitores idosos (com mais de 60 anos) aumentou de 24.297.096, em 2014, para 27.693.704 nestas eleições. Em Roraima, o número de idosos subiu de 37.589, em 2016, para 44.334, este ano, incluindo 22 pessoas com mais de 100 anos. A faixa etária predominante nas eleições de 2016 e neste ano está entre 25 e 34 anos, com um total 83.748 eleitores.

Grau de instrução

Em relação à escolaridade, os dados do TSE apontam que 38.914 eleitores roraimenses concluíram o ensino superior, o equivalente a 11,35%; outros 28.413 cidadãos possuem ensino superior incompleto (8,29%). A maioria do eleitorado é formada por pessoas que concluíram o ensino médio, totalizando 100.132 (29,22%). A fatia de eleitores analfabetos corresponde a 2,72% (9.347), e os que leem e escrevem somam 21.619, representando 6,30% do total.

Estado civil

A maioria do eleitorado roraimense é solteira, 68,0% (233.101); os casados representam 25,7%, totalizando 87.898; 11.874 são divorciados; os viúvos somam 7.115 e 2.663 separados judicialmente.

Eleitores com deficiência

Em todo o país, 1.158.234 eleitores declararam ter algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. São cidadãos que comumente precisam de atendimento especial no dia da votação e podem votar em seções adaptadas pela Justiça Eleitoral. Em Roraima, 2.346 eleitores declararam ter algum tipo de deficiência. O prazo para solicitar transferência para uma seção com acesso facilitado termina no dia 1º de outubro.

Nome social

Eleitores transexuais e travestis terão seu nome social impresso no título de eleitor e no caderno de votação das Eleições 2020. Nome social é aquele que designa o nome pelo qual o transexual ou travesti é socialmente reconhecido. A possibilidade da autoidentificação foi aprovada pelo Plenário do TSE em 2018. Ao todo, 9.985 pessoas fizeram essa escolha ao se registrar ou atualizar seus dados na Justiça Eleitoral. Em Roraima, foram feitos 23 pedidos para usar o nome social.

Deixe uma resposta