Entenda o racha entre Jeferson Alves e Mozarildo Cavalcanti no PTB

Entenda o racha entre Jeferson Alves e Mozarildo Cavalcanti no PTB

O ex-senador Mozarildo Cavalcanti e o deputado estadual Jeferson Alves, ambos do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) têm protagonizado um racha na sigla, em âmbito nacional, devido ao desentendimento sobre a pré-candidatura do partido à Prefeitura de Boa Vista.
Cavalcanti, que obteve dois mandatos de senador por Roraima, foi o primeiro a anunciar sua pré-candidatura à PMBV, em fevereiro deste ano, quando ainda estava sem partido.
Após tratativas com o PTB, partido ao qual pertenceu por vários anos, o ex-senador confirmou que sairia candidato pela sigla nas próximas eleições.
Dois meses depois, porém, o deputado Jeferson Alves, que preside o PTB em Roraima, anunciou que seria ele o pré-candidato do partido à prefeito, cargo pelo qual já concorreu em 2016.
A decisão do parlamentar culminou em uma série de desentendimentos e troca de farpas entre ele o ex-senador, confusão que chegou até o diretório nacional do partido, presidido pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson.

Jeferson Alves afirma que PTB não terá candidato próprio à Prefeitura


O deputado, que chegou a lançar seu nome como pré-candidato à prefeito nas próximas eleições, voltou atrás da decisão recentemente e anunciou seu apoio ao deputado federal Ottaci Nascimento, pré-candidato ao cargo pelo Solidaridade (SD).
Alves chegou, inclusive, a participar de reuniões reforçando que estará ao lado do parlamentar, que já conta com o apoio de 19 dos 24 deputados na Assembleia Legislativa.
Em nota divulgada na quinta-feira, 06, o parlamentar reafirmou que o partido não terá candidato próprio.
“O deputado estadual Jeferson Alves (PTB), 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima, reafirmou seu apoio ao pré-candidato à prefeitura de Boa Vista, deputado federal Ottaci Nascimento (SD) e destacou que o PTB não terá candidato próprio no pleito deste ano”, disse um trecho da nota.
O deputado ressaltou que a direção nacional do PTB teria dado total liberdade para a regional nas eleições deste ano. “A decisão do partido aqui é soberana e o partido nacional já disse que (a decisão) será respeitada”, afirmou.
O parlamentar disse ainda, que a decisão do PTB de não participar da eleição majoritária em Boa Vista foi tomada em comum acordo com a executiva estadual e municipal, além dos pré-candidatos a vereador. “Todos fecharam questão, pois a prioridade do partido é eleger de dois a três vereadores”, completou.

Mozarildo diz que recorrerá à justiça eleitoral caso candidatura seja barrada


Em resposta ao deputado Jeferson Alves, o ex-senador Mozarildo Cavalcanti concedeu entrevista ao Portal Política Macuxi, e afirmou que manterá sua pré-candidatura.
“Conversei com o presidente nacional [Roberto Jefferson] e ele disse que vai buscar entendimento com o deputado [Jeferson Alves]. Já expus bem o problema para ele e também já fiz contato com o deputado”, informou.
Cavalcanti destacou que, caso seja impedido de se candidatar pelo partido, irá recorrer à Justiça eleitoral. “O que importa é o partido, se o deputado quer apoiar o Ottaci está liberado, mas não dá para não ter pré-candidato. Se não chegarmos a um entendimento vamos à Justiça, e se o partido mantiver a postura de não ter candidato eu tenho certeza que ganho”, frisou.
Questionado, o ex-senador também rechaçou a possibilidade de deixar o partido e concorrer às eleições por outra sigla. “Não vou sair do PTB. É um direito dele [Jeferson Alves], mas não tem direito de impedir que o partido tenha candidato”, reforçou.

Deixe uma resposta