MDB promove lives com tom de campanha eleitoral e cria atrito com deputados

MDB promove lives com tom de campanha eleitoral e cria atrito com deputados

Em duas lives seguidas, na noite dessa quinta-feira, a prefeita de Boa Vista Teresa Surita e o ex-senador Romero Jucá deram o pontapé inicial na campanha eleitoral de 2020 em Roraima.

Meia hora antes de iniciar a live, Teresa Surita publicou no twitter um post afirmando que tinha recebido uma mensagem de que servidores da Assembleia Legislativa teriam sido instruídos a atacarem ela e Romero Jucá nas lives.

O print da suposta conversa foi colocado fixado no mural da prefeita em uma de suas redes sociais.

 

O mesmo post foi compartilhado por Romero Jucá dizendo que tinha recebido a “denúncia”.

“Se mobilizaram para atacar minha live mas ia ficar muito feio para eles e desistiram. Quem invade hospital para tirar fotografia ia invadir minha live para me atacar. Ainda bem que se mancaram, ótimo, pois acho que a politica deve ser falada após se melhorar a Covid.

A exposição teve resposta imediata dos deputados que postaram vídeos e reclamações em redes sociais pedindo respeito ao Poder Legislativo.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jalser Renier; também usou o Twitter pra responder ao ataque e disse “não ter culpa da revolta do povo contra os políticos”.

Os deputados Jeferson Alves e  Renan Filho reclamaram do posicionamento dos políticos do MDB e insinuaram desespero dos adversários políticos.

Os deputados Gerson Chagas, , Yonny Pedroso e Chico Mozart e   Renato Silva também prestaram solidariedade aos servidores

Nos comentários das lives o marido da prefeita, Marcelo Guimarães e a esposa de Romero Jucá, Rosilene Brito, iniciaram uma série de ataques diretos aos deputados estaduais, ao afirmarem que servidores da Assembleia estariam atacando gratuitamente os políticos na internet.

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta