Romero Jucá chora durante live e diz que não é candidato;Veja vídeo

Romero Jucá chora durante live e diz que não é candidato;Veja vídeo

A live comandada por Romero Jucá (MDB), que teve como convidados Teresa Surita e Arthur Machado, que é citado como o candidato do grupo, contou com a participação de cerca de 160 pessoas assistindo.

Jucá se posicionou como o político responsável por tudo que foi feito pela administração municipal nesse período em que a prefeitura de Boa Vista foi administrada por cinco vezes por Teresa.

Disse, em vários momentos da transmissão, que trouxe o dinheiro para todas as obras realizadas pela atual gestão.

Em certo momento, o ex-senador chegou a ficar com os olhos cheios de lágrimas ao ser elogiado por Teresa Surita, sua ex-esposa e apoiadora.

“Você foi o parlamentar que mais trouxe recurso para nossa cidade e se hoje Boa Vista é como é, nós todos devemos a você. Você está ficando velho e emotivo, com os olhos cheios de lágrimas, mas é preciso lembrar isso”.

No final da live, o político falou sobre eleições e disse que não é candidato a prefeito.

“Não tratamos de política eleitoral nesse encontro, apesar dos adversários estarem em polvorosa achando que íamos anunciar minha candidatura a prefeito. Vamos falar de política no fim do mês, mas quero dizer que não sou candidato a prefeito. Podem dormir sossegados”.

Jucá também pediu a continuidade da gestão, fazendo campanha velada ao possível candidato do grupo, que não foi anunciado.

“A gente vai começar a ter eleição e pelos movimentos iniciais a gente vê tanto ódio, pessoas raivosas e isso não combina com Boa Vista. Espero que a população tenha sabedoria e equilíbrio. A eleição passou e hoje se vê que Roraima perde espaço e não resolve os problemas”.

Teresa pede em live a continuidade da gestão

Durante os 40 minutos que falou em sua live, a prefeita Teresa afirmou que esperava que seu trabalho, nos 20 anos que administrou o município, tivesse continuidade. Disse ainda que não falaria de eleição e nem divulgaria seu candidato nesse momento por conta da Covid-19, mas não deixou de citar que era preciso as pessoas votarem na ‘continuidade’ de sua gestão.

“Temos que falar de política, porque final de dezembro eu saio e espero mesmo, gente, que possamos dar continuidade em nosso trabalho e amadurecer as ideias que deram certo. Espero que as pessoas tenham sabedoria para separar o que é verdadeiro do que é fake News e veja quem vai disputar a eleição e espero que escolham que possa continuar o meu trabalho e não pessoas oportunistas que fiquem em pequenos grupos que só beneficiem alguns”.

Teresa também anunciou que iria aproveitar a liberação da quarentena para inaugurar diversas obras até janeiro de 2020.

“Vamos ter, em média, dois eventos por semana até final de dezembro. Hospital, UBS, creches, escolas, recapeamento, drenagem, praça de alimentação e energia solar. Esperamos que as pessoas prestem atenção nisso, pois uma interrupção do processo de construção é muito ruim e pode influenciar no futuro”.

Deixe uma resposta