‘Lockdown’ começa em Bonfim

‘Lockdown’ começa em Bonfim

O Prefeito de Bonfim Joner Chagas, anunciou na manhã desta segunda-feira, o início do lockdown em Bonfim.
“É bloqueio total mesmo. Vamos restringir o trânsito e circulação de pessoas. Sair de casa apenas em extrema necessidade” disse o prefeito.

A entrada da cidade já está bloqueada, assim como as entradas de comunidades indígenas e das vilas Paçoca com Banana e Dormida. A fronteira com a Guiana também permanece fechada.

Moradores que são do município e estão retornando podem entrar. Também está liberado o tráfego de veículos de carga e a movimentação de profissionais da saúde, educação e segurança pública.

“O bloqueio é para evitar ingresso e saída de pessoas sem extrema necessidade. É preciso lembrar que todos os casos de covid-19 em Bonfim são Importados de Boa Vista” disse o prefeito.

Ele lembrou que o confinamento não é uma medida para cercear o direito de ir e vir de ninguém.

“É necessário para salvar vidas. É o meio que dispomos no momento. Fernando de Noronha, em Pernambuco, por exemplo, foi a primeira região a adotar o lockdown. Hoje a ilha não tem mais nenhum caso positivo da doença. Todos os 28 pacientes infectados pelo novo coronavírus estão curados”.

Chagas lembrou que até poucos dias atrás Bonfim só tinha três casos confirmados de covid-19 e hoje já são 17 com 64 casos notificados, 33 suspeitos, além de 239 monitorados e quatro pacientes recuperados.

“Não temos nenhuma morte. E é assim que devemos permanecer. Temos que agir agora. Não podemos adotar medidas mais severas depois que o sistema de saúde colapsar. Preciso da ajuda de vocês. Esse é o momento. Estamos lutando contra um inimigo que é invisível e muito agressivo”.

Entenda o que é lockdown

O termo lockdown não tem uma definição formal, mas geralmente envolve a determinação para que as pessoas fiquem em casa.

Algumas prefeituras por exemplo, não utilizam o termo, mas adotaram medidas restritivas que proíbem a circulação de pessoas e carros – com algumas exceções.