PF prende venezuelano procurado pela Interpol por tortura e morte de enteado de 2 anos

Crédito:

Compartilhe:

A PF realizou, neste sábado, 15/06, a prisão preventiva de um venezuelano que estava foragido e constava na Difusão Vermelha da Interpol pela suposta prática do crime de tortura contra seu enteado de apenas 02 anos de idade, crime ocorrido em abril deste ano na cidade de Curitiba-PR.

A criança morreu dias após ter sido internada em decorrência de múltiplas agressões causadas pelo padrasto.

A captura do foragido foi possível a partir de diligências realizadas pela equipe de policiais da delegacia de Pacaraima, que preveem o monitoramento de pessoas foragidas no Brasil com difusões na Interpol.

Após identificar o foragido no município os policiais atuaram rapidamente para prendê-lo, pois foi identificado que ele pretendia empreender fuga para a Venezuela.

O investigado responderá pelos crimes de tortura com resultado morte conforme o artigo 1º, §3º, da Lei 9.455/1997.

PUBLICIDADE