EM SESSÃO NA ALERR

Deputado denuncia ter sido ameaçado de morte para deixar PTB

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O deputado estadual Jefferson Alves (PTB) denunciou durante a sessão ordinária desta quarta-feira, 16, na Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR), que teria sido ameaçado de morte por um integrante do partido para que deixasse a sigla.

“Gostaria de relatar uma situação constrangedora que eu, como deputado estadual, passei pela primeira vez. Fui ameaçado de morte por um secretário do meu partido que me entregou uma carta de renúncia. Ou eu renunciava ou morria”, disse.

Segundo o parlamentar, a ameaça teria ocorrido no dia 29 de janeiro deste ano. Alves destacou que é filiado ao Partido Trabalhista Brasileiro desde 1996 e que, em dezembro de 2021, foi eleito secretário nacional. “Estou no PTB desde a época em que o partido era comandado pelo Ottomar [ex-governador] em Roraima. Fui da Juventude, militante, galguei todos os espaços”, afirmou.

Conforme o deputado, alguns líderes que comandavam o partido junto ao ex-presidente nacional, Roberto Jefferson, se sentiram ofendidos com o espaço que ele estava tendo dentro da sigla. “É sempre salutar que quem tem interesse na política tenha ciência do que ocorre nos bastidores. Quero agradecer a solidariedade que recebi dos deputados por entender que esse é um fato grave”, destacou.

O presidente da Assembleia, deputado Soldado Sampaio (PC do B), informou que a Casa colocou o setor jurídico a disposição para auxiliar o parlamentar. “Tomamos providências e nos colocamos à disposição para no sentido de preservar os direitos do deputado, suas prerrogativas e segurança”, frisou.

Veja o vídeo:

Outro lado- A reportagem do Política Macuxi entrou em contato com a Executiva Nacional do PTB solicitando posicionamento sobre a denúncia do deputado Jefferson Alves, e aguarda retorno.