Veja como foi a sessão de abertura da Assembleia Legislativa

Foto: Foto: Ederson Brito

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Por Cyneida Correia

A abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa de Roraima em 2022, nesta quarta-feira (2), reuniu as principais autoridades do Estado e contou com discursos em defesa do diálogo e do fim da polarização.

Houve espaço ainda para cobranças e indiretas dos comandantes dos poderes, e recados sobre as eleições de outubro próximo.

O presidente da Assembleia Soldado Sampaio, afirmou esperar um ano “politicamente de muito trabalho” e ressaltou a promessa de um ano com grande responsabilidade e produção do Legislativo, mesmo com as eleições de outubro.

— Vamos intensificar o diálogo com prefeituras e políticos pois conseguimos em nossa gestão, fazer o poder legislativo ser mais transparente e dinâmico”

Sampaio citou os números da produção legislativa em 2021 e prometeu o mesmo empenho este ano apesar das eleições.

“Aprovamos 204 projetos de lei, 213 projetos complementares, 59 projetos de resolução legislativa, além de realizarmos dezenas de audiências públicas. As mensagens governamentais foram 74 aprovadas, estamos ajudando de maneira concreta quem precisa da mão amiga do governo sob o comando do governador Antônio Denarium”

Sampaio aproveitou o discurso para cobrar do executivo o projeto de lei que trata do zoneamento econômico ecológico e um projeto destinado especificamente a agricultura familiar , o que para o site política macuxi foram os destaques.

“Precisamos priorizar servidor público, projetos do governo e a questão das terras, além da questão energética e valorização dos servidores públicos. Este ano vamos resolver o zoneamento ecológico que é um sonho da classe produtora” prometeu.

A procuradora Janaina Carneiro do Ministério Público Estadual não compareceu a abertura dos trabalhos legislativos, mas enviou um vídeo onde falou sobre a união entre os poderes e o trabalho conjunto de todos em prol de Roraima.

Executivo, aplausos e professores na sessão de abertura 

O discurso do governador Antonio Denarium, foi voltado para ações de seu governo, com destaque para a parceria e a colaboração entre os Poderes, tradicionalmente presentes nesse tipo de mensagem.

Ele falou de resultados positivos de seu governo como o aumento de carteiras assinadas, concursos públicos, redução do desemprego.

Na sessão de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa de Roraima , Denarium pediu a atenção da Assembleia para temas como o avanço do estado de Roraima, e pediu aos parlamentares que não deixem Roraima voltar ao passado.

“Um passado onde as pessoas se deitavam para dormir e não tinham certeza para o amanhã, sem expectativa e sem motivação vendo o dinheiro sendo roubado. Foram 2 décadas de sofrimento tensão, medo e roubalheira. Era um passado de desespero”.

“O futuro chegou na minha gestão, olho nos olhos das pessoas e vejo a esperança com projetos como cesta da família, o colo de mãe, aumento de emprego, aqui tem dono e aqui tem obra. Prometo que o estado nunca mais voltará nesse estado sombrio. O passado ainda nos rodeia como ave de rapina, mas acredito nos roraimenses que vão querer manter esse crescimento que hoje temos”

Além de falar aos deputados e presentes, o governador Denarium deixou a Mensagem Presidencial, documento remetido à casa do Legislativo, com o objetivo de passar um balanço do trabalho feito e expor as metas para o ano.

Foram entregues dois projetos de lei que serão votados pelos deputados. O primeiro que reduz o ICMS da gasolina e do álcool de 25% para 17%, ou seja, 8% de redução e o segundo projeto de lei que trata da reposição salarial dos servidores em 11%.

Os funcionários públicos aguardavam 7 anos por esse aumento e o governador foi bastante aplaudido pelos presentes apesar de terem manifestações opostas dos professores que querem reajuste de mais de 30%.

“Valorizo todos os servidores saúde, educação, infraestrutura. Assumi o governo com a folha de pagamento de R$ 129 milhões e este ano, em janeiro, a folha de pagamento foi de 181 milhões. Com a aprovação do reajuste pelos parlamentares teremos uma folha que vai ultrapassar 200 milhões de reais, valorizando os servidores e permanecendo dentro da lei de responsabilidade fiscal”.

“Queria dar mais aos servidores, mas é o que o Estado pode oferecer no momento e é muito mais do que já tiveram em passados recentes. Solicito que os deputados votem em regime de urgência para vigorar o reajuste ainda em março”, disse o governador Antônio Denarium ao final do pronunciamento.