ESTRUTURA COMPROMETIDA

Vice-presidente da Assembleia Legislativa visita moradores ilhados em Amajari e acompanha situação das pontes  na região

A estrutura de duas pontes não resistiu às fortes chuvas que atingiram o município no início da semana; deputado garante que governo do Estado vai viabilizar a recuperação das estruturas

Compartilhe:

Os moradores da vila Bom Jesus, no município de Amajari, distante 164 km de Boa Vista estão com dificuldades para entrar e sair das comunidades desde a madrugada de quarta-feira (8). Após as fortes chuvas que atingiram o município, duas pontes de madeira, que dão acesso à localidade e a outros pontos do município e à capital do Estado, caíram. Para acompanhar de perto a situação, o vice-presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), deputado Marcelo Cabral (sem partido) visitou as famílias e verificou as condições do tráfego no local.

Preocupado com a segurança dos moradores, Marcelo Cabral participou de uma reunião com o governador Antonio Denarium (PP) para minimizar os impactos causados pelo grande volume de chuva que colapsou as estruturas de madeiras. Equipes da Defesa Civil já estão no local realizando o traslado dos moradores por meio de barco. Cestas básicas e água potável estão sendo distribuídas às 14 famílias ilhadas.

“A área já está isolada e o governo já tomou todas as medidas para resolver o impasse. Um desvio será feito no domingo (12) e nos próximos dias a construção da nova estrutura, no igarapé Tomaz. Em seguida, uma nova estrutura será feita também na vicinal 2”, garantiu.

Gilberto Barbosa, proprietário de um sítio próximo a ponte do igarapé Tomaz, levou um susto quando viu a ponte sendo levada. Segundo o agricultor, os moradores reivindicam de imediato, um desvio para melhorar as condições de trafegabilidade até a construção definitiva da nova estrutura.

“Estamos ilhados e atravessando para o outro lado por uma corda presa às árvores. A construção de um acesso rápido é um serviço emergencial, não podemos continuar assim”, afirmou.

Travessia a nado

 A correnteza forte do igarapé Tomaz não foi empecilho para o Deivid Magalhães, 39 anos, fazer a travessia para o outro lado da vila. Com a ajuda de dois amigos, o morador da vila Bom Jesus, cruzou o outro lado das águas com uma moto carregada nos ombros, seu único meio de transporte.

“Não temos outra opção e carregamos nos braços uma moto de 150 cilindradas. Preciso chegar até o outro lado e enquanto um desvio não for feito, ficaremos nessa situação”, reclamou.

Segundo o representante da construtora responsável pelos serviços de manutenção e construção da nova estrutura, Adriano Laranjeira de Faria, uma equipe já está a postos para execução de uma passagem emergencial (desvio) e para execução da ponte, será necessário melhorar as condições climáticas.

“Temos uma equipe com 10 funcionários que já começam no domingo o acesso do desvio para que os moradores possam trafegar com mais segurança. Sobre a ponte, temos que aguardar a chegada dos materiais, além de esperar que as chuvas diminuam”, explicou.

Emenda parlamentar

Dono de um mercadinho na região do Projeto de Assentamento (PA) Ametista, Bernardo Antônio dos Santos não esconde a satisfação de uma ponte mais segura na região, melhorando as condições de trafegabilidade e o escoamento da produção agrícola. Uma emenda parlamentar do deputado Marcelo Cabral no valor de R$ 5 milhões viabilizou a construção de 400 metros de ponte em todo município e uma delas está sendo finalizada no PA Ametista.

“Essa ponte já está quase pronta e fico muito satisfeito.  Os moradores agradecem o empenho e dedicação do deputado. Isso é mais qualidade de vida para todos nós”, comemorou.

O vereador Weverthon Thome (MDB) também acompanhou a vistoria e o encaminhamento das obras de revitalização.