MEDIDAS CAUTELARES

Decisão do STJ autoriza Jalser a retirar tornozeleira eletrônica e viajar

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A 5ª turma do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) revogou nesta terça-feira, 07, as medidas cautelares impostas ao deputado Jalser Renier (Solidariedade), e autorizou o parlamentar a retirar a tornozeleira eletrônica e a realizar viagens a outros estados.

a decisão ocorreu após pedido de habeas corpus impetrado pelos advogados de defesa do deputado, que é acusado pelo sequestro do jornalista Romano dos Anjos.

O julgamento que teve início às 14h teve como relator o desembargador convocado Jesuíno Rissato.

A decisão mantém a proibição de contato entre o parlamentar e pessoas envolvidas no caso do sequestro do jornalista Romano do Anjos.

Segue mantido o recolhimento domiciliar a partir das 22h até as 6h, em dias úteis e de folga das atividades laborais.

“A justiça está sendo feita, pois não pode haver exceções quanto à verdade. Agradeço todo apoio da população em reconhecimento de meu esforço pelo desenvolvimento de nosso Estado, onde sempre tive a oportunidade de vencer maciçamente pela força popular. Vocês conhecem o meu trabalho”, destacou o parlamentar em nota.