You are currently viewing Prefeitura paga água mineral com 90% acima do valor de mercado

Prefeitura paga água mineral com 90% acima do valor de mercado

A Prefeitura de Boa Vista pagou R$ 1,34 por uma garrafa de água mineral de 350 ml. Em média, o valor do mesmo produto custa R$ 0,70 em estabelecimentos da capital.

O aviso de homologação referente ao pregão eletrônico nº 045/2021 e processo nº 001030/2021 foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) de terça-feira, 22. A compra, feita para atender à Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito (SMST), custará R$ 105.998,00 aos cofres públicos.

O órgão municipal fez licitação no dia 1º de junho e declarou como vencedora a empresa Casa Freitas Comercio de Bebidas EPP, que vendeu o produto 91% mais caro, quase o dobro do valor cobrado em distribuidoras de Boa Vista.

A reportagem constatou, por meio do edital de licitação, que a Prefeitura adquiriu 4 mil fardos de garrafinhas de água de 350 ml, um gasto total de R$ 64.640,00 para atender a apenas uma Secretaria.

Também foram homologados, na mesma licitação, a compra de 2.400 garrafas de água em galões de 20 litros, pelo valor de R$ 12,83 a unidade, e 1.000 fardos de garrafas de 2 litros, cujo valor unitário foi de R$ 3,19, com gasto total de R$ 49.952.

 Água mais barata

A reportagem do Política Macuxi realizou a consulta de preços em duas fábricas de água mineral na capital e comprovou o valor elevado pago pela Prefeitura por meio de comparativo de preços. O valor da mesma garrafinha de água mineral de 350 ml varia, conforme a pesquisa, entre R$ 0,70 e R$ 0,75.

Se a Prefeitura de Boa Vista tivesse comprado o produto no valor mais barato, de R$ 0,70, o gasto chegaria a R$ 33.600,00 e economizaria o valor de R$ 31.040.

Em relação ao preço do garrafão de água mineral de 20 litros, a reportagem encontrou o mesmo produto comprado pelo município a R$ 12,83 a unidade, custando R$ 6,50 na distribuidora. Já a garrafa de 2 litros, que foi comprada por R$ 3,19 a unidade, é encontrada a R$ 2,00 nos locais pesquisados pela reportagem.

 Licitação

Conforme o histórico da licitação, a proposta da empresa Casa Freitas Comercio de Bebidas EPP,  para fornecimento dos produtos foi aprovada em 10 minutos. A empresa possui capital social de R$ 700 mil, com sede em Boa Vista e foi aberta em 2017. Outras duas empresas, a Brasil Norte Empreendimentos Eireli e a F.A.L Comercio de Importação e Exportação LTDA, apresentaram propostas com valores bem menores, de R$ 48,2 mil, mas foram desclassificadas.

Outro lado- A reportagem encaminhou demanda à Prefeitura de Boa Vista e aguarda posicionamento.

Deixe uma resposta