Prefeitura paga quase R$ 5 milhões por fraldas à empresa investigada pela PF

Prefeitura paga quase R$ 5 milhões por fraldas à empresa investigada pela PF

A Prefeitura de Boa Vista publicou no Diário Oficial do Município (DOM), do dia 31 de maio de 2021, aviso de homologação referente ao pregão eletrônico º 008/2021, processo nº 012449/2020, que tem como objeto aquisição de fralda descartável para atendimento anual do exercício 2020/2021, das unidades de saúde do município.

O valor total da aquisição custará aos cofres públicos mais de R$ 6,8 milhões, recurso oriundo do Fundo Municipal de Saúde (FMS). Destes, R$ 4,7 milhões serão pagos à empresa W M COMERCIO E SERVIÇOS IMP. E EXP. LTDA, com sede em Boa Vista, que venceu os itens 02,04,05,06,07,08,09,10,11,12,13,14,15 e 16 do edital. Já a empresa Jardim Distribuidora de Cosméticos LTDA, situada no Rio Grande Sul, receberá pouco mais de R$ 2 milhões por ter vencido os itens 01 e 03.

Em março deste ano, a empresa W.M foi um dos alvos de uma operação deflagrada pela Polícia Federal que investiga possível desvio de verbas da Covid-19 em Roraima. À época, policiais federais cumpriram mandado de busca e apreensão na sede da empresa, que é ligada à venda de produtos médico-hospitalares.

O gasto feito pelo município para aquisição das fraldas descartáveis poderia chegar a R$ 18,2 milhões, valor estimado que consta no edital do processo. No documento, a justificativa apresentada pela Prefeitura para aquisição é de que o material seria para pleno atendimento aos munícipes, usuários do atendimento básico e especializado.

“Sendo essa aquisição de grande importância uma vez que, é imprescindível a continuidade da prestação de serviços público essencial na área da saúde e, também, que devemos evitar a interrupção da assistência à população, pois, essa interrupção poderá acarretar em danos sérios e irreparáveis à vida dos munícipes”, diz trecho do edital.

Outro lado- A reportagem do Política Macuxi questionou a Prefeitura de Boa Vista sobre os valores referentes à aquisição das fraldas, assim como a forma de distribuição e quem seriam os beneficiários, mas ainda não obteve retorno.

Deixe uma resposta