You are currently viewing ‘Não irão interferir e nem direcionar o andamento da CPI’, diz vereador Ítalo Otávio

‘Não irão interferir e nem direcionar o andamento da CPI’, diz vereador Ítalo Otávio

Instalada na semana passada após aprovação de requerimento na Câmara Municipal de Boa Vista (CMBV), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar possíveis irregularidades na coleta de lixo em Boa Vista terá como presidente o vereador Ítalo Otávio (Republicanos).

Em entrevista ao Política Macuxi, o parlamentar, que iniciou seu segundo mandato integrando o grupo de situação ao prefeito Arthur Henrique (MDB), afirmou que está atuando de forma independente. “Não faço mais parte da bancada do prefeito. Sou independente e próximo do presidente, Genilson Costa”, disse.

Na legislatura passada, em 2019, o parlamentar chegou a ingressar com ação na justiça para que a ‘CPI do Lixo’, como está sendo chamada, fosse instalada após inúmeros boicotes. “Não há fissuras e nem ressentimentos. Desempenhei um bom trabalho e isso me qualificou para que meu partido me escolhesse e eu pudesse ser o presidente da CPI”, destacou.

Escolha como presidente e primeiros passos na CPI

“Não era presidente ontem, fui escolhido pelos vereados hoje. O Nilson Bispo estava cotado, mas ficou com a vice-presidência. Agora com o início dos trabalhos iremos solicitar documentação da Secretaria de Serviços Públicos desde o janeiro de 2013, quando foi aberto processo licitatório, e todo faturamento da Sanepav. Em seguida iremos ver o caminho que iremos percorrer. Todas as decisões serão tomadas em conjunto”.

Racha com a base do prefeito

“Quando terminou a eleição de 2020 me aproximei do prefeito Arthur, mas nunca foi para proteger ele na Câmara, mas sim para ter um diálogo próximo, algo que não tive na gestão da ex-prefeita [Teresa Surita]. Tenho confiança no trabalho do prefeito, mas sendo independente poderei exercer meu trabalho próximo do que a população almeja”.

Interferências na CPI

“Importante frisar que a CPI não tem intuito de julgar, mas sim de oferecer ao relator todos os dados necessários para que seja feito parecer sobre tudo que foi feito e oferecer denúncia ao Ministério Público. Não haverá nenhum tipo de influência, nem pela situação, prefeito, e nem pelos opositores. Não irão interferir nem direcionar o andamento da CPI”.

Deixe um comentário