‘Saí do gabinete e me aproximei da população’, diz vereador mais bem votado

‘Saí do gabinete e me aproximei da população’, diz vereador mais bem votado

O vereador Ítalo Otávio (Republicanos) que obteve 2.775 votos nas eleições deste ano, sendo o mais votado entre os candidatos que disputavam o pleito deste ano, falou ao Política Macuxi sobre suas ações que o levaram a ser reeleito para mais quatro anos de mandato.

“Venci as eleições em 2016 com 2.407 votos sendo o quarto mais bem votado. Tínhamos um sonho e acreditávamos que poderíamos fazer uma política melhor para nossa capital”, disse.

Conforme o parlamentar, vários projetos foram implementados por ele, que criou uma espécie de “ouvidoria da população” para levar seu gabinete às ruas.

“Saí do gabinete e fui um pouco além. Fui o vereador que andou de ônibus para escutar problemas, fiz projetos sociais como cinema nos bairros, palestra de valorização à vida para combater o suicídio, o clubinho da leitura para chamar alunos, professores e psicólogos para saber como interagir, além de fiscalizar a prefeitura”, destacou.

O vereador informou que decidiu se filiar ao Republicanos a convite do senador Mecias de Jesus e do deputado federal Jhonatan de Jesus, o que fez com que se tornasse um elo entre a Câmara Municipal e o Governo do Estado.

“Me apresentaram o governador Antônio Denarium e ambos me pediram para que o apoiasse e levasse as mensagens governamentais. Isso foi muito importante porque sempre provoquei debates como a crise venezuelana, a necessidade do hospital de campanha, entre outros”, ressaltou.

Em seu novo mandato, ítalo afirmou que continuará com os projetos e buscará se aproximar ainda mais da população.

“Temos ainda mais responsabilidade, porque porque sempre levei a bandeira da transparência, do trabalho, da defesa da população e sempre tive vocação de estar perto da população, e a população comprou essa luta. É um desafio representar a população por mais quatro anos e seremos abençoados com mais trabalho e mais parcerias”, frisou.

Deixe uma resposta