No interior, 7 dos 14 municípios terão novos prefeitos

No interior, 7 dos 14 municípios terão novos prefeitos

As prefeituras de sete dos 14 municípios iniciarão no dia 1º de janeiro de 2021 com uma nova gestão. Os eleitores de Cantá, Caracaraí, Caroebe, Amajari, Normandia, São João da Baliza e Uiramutã apostaram na renovação e optaram por trocar prefeitos.

Nos municípios de Amajari, que elegeu Nubia Lima (MDB); Caracaraí, que terá como prefeita Diane Coelho (SD); e São João da Baliza, onde Luiza Maura (SD) foi eleita, os gestores em fim de mandato não concorreram à reeleição.

No Cantá, o atual prefeito Carlos Barbudo (Pros) teve 30,64% dos votos e foi derrotado por André Castro (PP), eleito com 53,22% dos votos. Em Caroebe, o prefeito Argilson Martins (SD) foi derrotado por Osmar Filho (Republicanos). A mesma situação também ocorreu em Normandia, que elegeu Dr. Raposo (PSD) e deixou o prefeito Gute Brasil (PL) de fora. Já em Uiramutã, Dedel (PP) deixará a Prefeitura e dará lugar a Tuxaua Benísio (Rede).

Prefeitos reeleitos obtiveram grande percentual de votação

Entre os prefeitos reeleitos no interior, chamou atenção a grande vantagem percentual obtida sobre os segundos colocados. Um dos casos foi em Rorainópolis, onde Leandro Pereira (SD) foi eleito com 60,43% dos votos e ficou à frente de Dr.Áthila, que teve 31,41%.

Em Bonfim, a vantagem foi ainda maior. Joner Chagas (Republicanos) foi reeleito com 66,83%, e Darlene Tiririca (PSB) ficou com 20,83%. Em Iracema, Jairo Ribeiro (MDB) teve 69,94%, e Jala da Van (Pros) ficou na segunda colocação com 30,00%. O percentual foi bem parecido com o de São Luiz, que reelegeu James Batista (MDB) com 66,31%, e deixou Miguel Rodrigues (DEM0 com 33,69%.

No município de Alto Alegre, Pedro Henrique Machado (PSD) foi reeleito com 45,68% dos votos, à frente de Wagner Nunes (PL) que alcançou 34,27%.

Deixe uma resposta