Candidatos a vereadores em Boa Vista angariam apoio de presidente e ministra

Candidatos a vereadores em Boa Vista angariam apoio de presidente e ministra

Apesar de ter afirmado diversas vezes que não se envolveria nas eleições municipais deste ano, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) vem mudando de opinião e já anunciou que irá declarar voto a três candidatos a prefeito nas cidades de São Paulo, Santos e Manaus.

O que mais chama atenção, no entanto, é o apoio de Bolsonaro a um “velho amigo”, candidato a vereador em Boa Vista.

Valdeilson da Silva, ou ‘Deilson Bolsonaro’, do Republicanos, afirma conhecer o presidente há mais de 20 anos, desde a época em que Bolsonaro iniciava sua caminhada na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Mesmo sem ocupação definida, o candidato declarou à Justiça Eleitoral patrimônio no valor de R$ 90 mil, referente a um imóvel residencial na periferia da capital.

Em suas redes sociais, Deilson possui várias fotos e vídeos com o presidente, em reuniões no Palácio do Planalto e até em momentos mais íntimos, como um café da manhã na casa de Bolsonaro, no Rio de Janeiro.

Em um dos vídeos, Bolsonaro declara abertamente apoio à candidatura de Deilson. “É um velho amigo meu que conheço há mais de 20 anos. Gostaria de tê-lo aqui em Brasília trabalhando mais perto da gente, mas ele faz questão de ficar em Boa Vista”.

Ao Política Macuxi o candidato, que se declara evangélico e defensor dos mesmos ideais de Bolsonaro, afirma ser o único a obter apoio do presidente nas eleições.

“Sou o único candidato a vereador em Boa Vista apoiado pelo presidente, não tem outro”.

‘Tem carinho comigo como de mãe para filho’, diz candidato apoiado por ministra

Além de voltar atrás em sua decisão de não declarar apoio a candidatos, Bolsonaro também parece ter pensado melhor sobre a orientação dada a seus ministros para não ‘se meter’ nas eleições.

Assim como o presidente, o apoio de seus ministérios também chegou a Roraima por meio da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, que faz campanha em Boa Vista para o candidato a vereador pelo PTB, Mika Martins.

Além do candidato a prefeito de Aracaju, Lúcio Flávio (Avante), Mika é o único a ter conseguido depoimento gravado da ministra para sua campanha.

Em entrevista ao Política Macuxi, o candidato, que trabalhou em Brasília no gabinete do ex-senador Magno Malta e com a própria ministra, diz ter sido a “ponte” para a entrada do governador Antonio Denarium e do deputado federal Antônio Nicolletti no PSL, em 2018.

“Apresentei os dois ao Bolsonaro. O presidente apoiou, o partido foi entregue e de lá para cá hoje não tem mais o alinhamento 100% com o governo federal”, disse.

Martins, que também é evangélico e tem como slogan “defensor da vida e da família”, afirma ter com a ministra o mesmo carinho entre mãe e filho.

“A ministra Damares é minha amiga, tem um carinho comigo como filho. Morei em Brasília a convite dela, é um carinho de mãe pra filho. Ela tem histórico de luta no Congresso defendendo a não legalização das drogas, do aborto, e sou uma das pessoas que auxiliam ela nessas causas”, declarou.

Veja os vídeos:

Deixe uma resposta