Candidato a prefeito é detido após gravar vídeo em frente à Secretaria Municipal

Candidato a prefeito é detido após gravar vídeo em frente à Secretaria Municipal

O servidor público e candidato à prefeito de Boa Vista, Fábio Almeida (PSOL), foi detido na manhã desta segunda-feira, 21, após a gravação de um vídeo em frente à sede da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito (SMTRAN), no bairro São Francisco.

O candidato estaria realizando uma filmagem para sua campanha abordando as prerrogativas da Guarda Civil Municipal (GCM) na segurança pública, quando teria sido interrompido e repreendido pelo secretário do SMTRAN, Raimundo Barros.

As imagens que circulam nas redes sociais mostram o início da discussão entre Almeida e o secretário, que culmina na detenção do candidato.

“Estou gravando vídeo para campanha. Vocês não têm competência de fazer segurança pública, está no artigo 5º da Constituição. Estou falando da gestão municipal, tenho pleno direito democrático de falar”, disse o candidato.

O secretário, que também é coronel da Polícia Militar, chama a guarda municipal e dá voz de prisão à Almeida. “Você está me acusando”, rebateu Barros ao candidato.

Após se negar a entrar na viatura, um guarda municipal, que não foi identificado, ainda ameaça o candidato. “Você vem por bem ou por mal? Eu vou te algemar”.

A reportagem entrou em contato com Fábio Almeida solicitando uma declaração sobre o ocorrido, mas, até o momento, não obteve retorno.

Em nota, a Prefeitura de Boa Vista afirmou lamentar o ocorrido, reforçou que respeita todas as opiniões dos cidadãos e explicou que o que houve na manhã desta segunda-feira foi um desentendimento entre o pré-candidato Fábio Almeida e o secretário de Segurança do município.

“Todos têm o direito de manifestar sua opinião, seja positiva ou negativa sobre a gestão. Por fim, desejamos uma campanha com respeito e propostas que façam crescer a democracia”.

Veja os vídeos:

Deixe uma resposta