Prefeitura reduz unidades de saúde que vão atender casos de Covid

Prefeitura reduz unidades de saúde que vão atender casos de Covid

A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita, anunciou nesta sexta-feira, 12, uma mudança no sistema de atendimento das unidades de saúde.

A partir de agora, apenas oito das 36 unidades básicas de saúde farão atendimentos específicos de casos suspeitos e confirmados da covid-19.

A mudança começa a partir de segunda-feira, 15.

Segundo a prefeitura, a escolha das UBS’s que passarão a atender apenas pacientes suspeitos e confirmados com coronavírus foi feita de acordo com a localização, em bairros estratégicos e centrais.

Os casos suspeitos de Covid serão atendidos apenas de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h em quatro unidades e das 8h às 20h em outros quatro postos.

“A ideia é reduzir o contato entre pacientes suspeitos e a população que não apresenta sintomas e, ainda, desafogar as demais unidades, deixando-as para outros atendimentos e pacientes com problemas de saúde não relacionados ao coronavírus”, ressalta a prefeita Teresa Surita.

As unidades Olenka Macellaro (Caimbé), Mariano de Andrade (Caranã), Délio Tupinambá (Nova Cidade) e Aygara Motta no (Cidade Satélite) atenderão até as 19h os pacientes com covid. A partir desse horários, elas passarão a atender a pacientes com quaisquer sintomas, de segunda a sexta-feira até meia noite, e aos sábados, das 8h às 13h.

As unidades Silvio Botelho (Paraviana), São Vicente, Lupércio Lima (Pintolândia) e Equatorial atendem ate as 20h.

“Queremos tranquilizar a todos e dizer que ninguém ficará sem o seu atendimento já previsto. Nossas equipes vão entrar em contato e reagendar a consulta ou outro procedimento, informando data e a unidade que deve ser atendido”, explica Cinthia Brasil, superintendente de Atenção Primária à Saúde de Boa Vista.

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta