CRM diz que UTIs estão sem médicos e 100% ocupadas

CRM diz que UTIs estão sem médicos e 100% ocupadas

A presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Rosa Leal anunciou hoje para a imprensa, estar muito preocupada com a situação atual em que a saúde pública de Roraima se encontra.

Apesar das propagandas positivas tanto do governador Antônio Denarium (Sem Partido) como da prefeita Teresa Surita (MDB), a médica declarou que a saúde pública está em colapso.

“Todos os leitos de UTI disponíveis se encontram ocupados. O bloco A onde deveriam ter os novos leitos de UTI, ainda não começou a funcionar porque falta equipamento e falta profissionais, pois não há médicos para atender o setor”.

Área vermelha

Ela explicou também que o anúncio da abertura de sete novos leitos na chamada área vermelha, não vai melhorar a situação do setor.

“Não são leitos de UTI, são de semi-intensivo, onde os pacientes só recebem oxigênio no respirador, mas não tem profissionais treinados para trabalhar com Tratamento Intensivo”.

Rosa Leal explicou que o leito de UTI não é apenas respirador e disse que o CRM teme que o setor esteja contaminado.

“Muitos pacientes ficam sem assistência e terminam complicando com óbito. Então essa é nossa preocupação, pois na UTI não existe filtro EPA para filtrar o ar e os profissionais de saúde respiram ar contaminado e todos se contaminam e entra em outra situação de não ter profissionais para trabalhar. O que a gente está tentando fazer é sensibilizar as autoridades pra que possam ajudar a população, que esqueçam partidos políticos, que esqueçam poder e ajudem quem precisa”.

Rosa denunciou ainda que o Hospital de Campanha tão anunciado pelo Governo, tem os leitos, mas não está funcionando, segundo o governo de Roraima por falta de recursos. Veja o vídeo:

Outro lado

A reportagem enviou demanda para o Governo de Roraima e Prefeitura de Boa Vista e aguarda retorno

Deixe uma resposta