FAXINA MILIONÁRIA: Empresa ganha R$ 5 milhões para desinfectar hospital

FAXINA MILIONÁRIA: Empresa ganha R$ 5 milhões para desinfectar hospital

Depois da denúncia de respiradores superfaturados, o Política Macuxi revela bastidores de uma faxina milionária para desinfectar hospital, que custou R$ 5 mi semestrais aos cofres estaduais.

O Diário do dia 30.04, mostra o 7o aditivo do contrato nº 067/2016 feito com a União Comércio e Serviço, por serviços de higienização.

O contrato é para ‘prestação de serviços contínuos de limpeza, conservação e desinfecção hospitalar do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazaré – HMINSN”.

A empresa tem como sócios-proprietários os irmãos Gilmar Pereira de Araújo e Antônia Pereira de Araújo, que seriam parentes diretos de um político local.

R$ 100 mi em contratos

A empresa sediada na Avenida dos Imigrantes – Bairro Buritis, teve o contrato prorrogado por mais seis meses com valor de R$5,038 milhões.

O valor do contrato original não foi informado no extrato publicado no diário oficial.

Pesquisas feitas anteriormente mostram que a empresa pode ter recebido desde 2014 do Governo de Roraima mais de R$ 100 milhões em contratos.

Os maiores valores foram formalizados entre a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), para serviços de limpeza e conservação de unidades hospitalares.

A empresa tem como atividade a locação de mão-de-obra temporária e o faturamento anual é menor que o valor do aditivo, chegando a 4, 8 mi por ano com cerca de 300 servidores.

OUTRO LADO

A reportagem procurou o governo de Roraima pedindo uma posição sobre o contrato mas até o fechamento desta matéria não obteve retorno. O espaço está aberto para posicionamento da empresa