Deputados de Roraima assumem secretarias do Parlamento Amazônico

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os deputados estaduais que fazem parte dos nove estados da Amazônia Legal, integrada pelos sete da região Norte, Mato Grosso e parte do Maranhão, participaram nesta quinta-feira (7) da solenidade de posse da nova mesa diretora do Parlamento Amazônico, ocorrida na sede da Assembleia Legislativa do Amapá. A eleição da diretoria aconteceu em novembro de 2021, durante a Conferência da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), em Mato Grosso do Sul.

Os parlamentares Renan (Solidariedade) e Eder Lourinho (PSD) representaram a Assembleia Legislativa de Roraima de maneira presencial e aceitaram o convite para assumirem, respectivamente, as secretarias de Segurança Pública e de Meio Ambiente do Parlamento Amazônico. Já Gabriel Picanço (Republicanos), que é vice-presidente da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais) na Região Norte,  participou da solenidade de posse virtualmente.

 

“Temos a crise migratória, a regularização das terras, a questão do minério, malha aérea. São casos que entrarão em discussão no Parlamento. Eu tenho certeza de que, com a união das assembleias legislativas e de todas as secretarias, iremos fazer um grande trabalho. Assumo com uma responsabilidade enorme. Tenho feito um grande trabalho, no meu ponto de vista, na segurança pública do meu estado e agora quero somar também ao Parlamento”, destacou Renan.

 

Eder Lourinho também falou sobre o trabalho conjunto para fortalecer e desenvolver os estados da Amazônia. “Fico feliz por Roraima ter várias pessoas participando da Mesa Diretora, e é bom trazer as pautas do estado, o que hoje nós precisamos. Regularização das terras, questão energética, do minério, que é um assunto muito importante, porque a gente sabe que hoje Roraima é muito rico não só em ouro ou diamante, mas em potássio e fosfato. Futuramente, podemos trabalhar nisso, amadurecer essa ideia e legalizar”, destacou.

Edna Auzier (PSD-AP) é a primeira mulher eleita para o cargo de presidente do Parlamento Amazônico. Ela ressaltou a relevância da nova atribuição.

“Eu vou me dedicar a essa missão com muito amor, com muita determinação, para que possamos trazer resultados positivos, de políticas públicas para a nossa população, que sempre precisou”, garantiu.

 

Para fechar a agenda de compromissos, os parlamentares visitaram a Fortaleza de São José de Macapá, importante ponto turístico da capital amapaense, que fica às margens do Rio Amazonas. No local, os deputados puderam conhecer um pouco da história da cidade que começou sob a ameaça de uma invasão.

 

 

DIRETORIA DO PARLAMENTO AMAZÔNICO:

Presidente: Edna Auzier (PSD-AP)

Vice-presidente: Jair Monte (Avante-RO)

Vice-presidente: Ribamar Araújo (PL-RO)

Vice-presidente: Sinésio Campos (PT-AM)

Vice-presidente: Nilton Franco (MDB-TO)

Tesoureiro: Jory Oeiras (DC-AP)

Secretária-geral: Lenir Rodrigues (Cidadania-RR)

Secretária: Tayla Peres (Republicanos-RR)

Secretário: José Inácio (PT-MA)

Secretário: Edvaldo Magalhães (PCdoB-AC)

 

CONSELHO FISCAL:

Conselheiro presidente: Wellington do Curso (PSDB-MA)

Conselheiro: José Luis Schafer – Tchê (PDT-AC)

SECRETARIAS TEMÁTICAS:

 

Secretaria de Relações Institucionais: Geraldo Pinheiro (PSC-RO)

Secretaria da Juventude: Dirceu Tem Caten (PT-PA)

Secretaria de Direitos Humanos: Evangelista Siqueira (PT-RR)

Secretaria da Mulher: Aldilene Souza (PPL-AP)

Secretaria de Agricultura e Terras: Cirone Deiró (Podemos-RO)

Secretaria de Meio Ambiente: Eder Lourinho (PSD-RR)

Secretaria de Relações Internacionais: Cristina Almeida (PSB-AP)

Secretaria de Segurança Pública: Renan (Solidariedade-RR)

Secretaria de Saúde: Paulinho Ramos (PL-AP)

Coordenador-geral do Parlamento Amazônico: Flávio Castro – AM