Iniciativa do Poder Legislativo de Roraima vai beneficiar mulheres em tratamento contra o câncer no estado

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O câncer é uma doença agressiva que provoca danos não só ao organismo. A doença também afeta a autoestima do paciente. É que durante o tratamento, pode acontecer a queda dos fios de cabelo. Para dar apoio às mulheres do estado, ao longo do ano a Assembleia Legislativa promove a campanha “Doe Cabelos” com o objetivo de arrecadar cabelos para a confecção de perucas.

 

A iniciativa é coordenada pelo Programa de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, presidido pela deputada Lenir Rodrigues (Cidadania). Nesta semana, a parlamentar se reuniu com o representante de uma empresa de Santa Catarina especializada na confecção do acessório. Foram entregues a ele 40 mechas de cabelo doadas por voluntárias.

 

O Termo de Cooperação Técnica existe há cinco anos e já beneficiou centenas de pacientes da Unidade de Assistência de Alta Complexidade de Oncologia de Roraima (Unacon). “As perucas têm um fechamento perfeito. Vale a pena ressaltar que são feitas com cabelos naturais e de todos os tipos. As perucas devolvem a autoestima das mulheres”, destaca Lenir.

 

Além das pacientes oncológicas, a ação social beneficia crianças, adolescentes e mulheres que perderam os cabelos após algum acidente como escalpelamento (quando o escalpo/ couro cabeludo é arrancado de forma brusca). “Quem recebe a peruca se sente bem. Em uma das ações entregamos para uma criança de uma comunidade indígena e o antes e depois dela foi fantástico. Ela voltou a sorrir”, frisa a deputada.

 

De acordo com João Leandro Kawka, representante da Perucas Santa Catarina os acessórios deverão ficar prontos em breve. “Nesta semana ainda vamos dar início ao processo de confecção das perucas. São perucas feitas à mão. Dentro de uns 15 dias elas serão enviadas a Roraima”.

 

As mulheres que quiserem doar cabelo podem procurar a sede do Programa de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, que fica na rua Coronel Pinto, 524, Centro. As dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (95)99112-2130.