You are currently viewing STJ concede habeas corpus e Jalser ficará em prisão domiciliar

STJ concede habeas corpus e Jalser ficará em prisão domiciliar

O deputado estadual Jalser Renier (SD) conseguiu nesta terça-feira, 5, o direito a prisão domiciliar. Os advogados do parlamentar entraram com um pedido de Habeas Corpus no Superior Tribunal de
Justiça (STJ) no último domingo, dia 2. A decisão foi publicada às 20h24 horário de Brasília. O relator foi o ministro Jesuíno Rissato.

Jalser estava preso desde a sexta-feira (1º), suspeito de ser mandante do sequestro do jornalista Romano dos Anjos, em outubro de 2020. A ação fez parte da segunda fase da Operação Pulitzer, que investiga o caso, e também prendeu mais dois coronéis e um major da Polícia Militar.

Mesmo com o relaxamento, o ministro determinou que a relatora do processo, a juíza convocada convocada Graciete Sotto Mayor Ribeiro, do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), determinasse medidas cautelares “para o resguardo dos demais envolvidos e pela conveniência da instrução criminal”.

Entre as medidas determinadas pela juíza estão a proibição de contato com outros envolvidos, de sair da Comarca, uso de tornozeleira eletrônica e obrigação de estar em casa todas as noites e durante as folgas