You are currently viewing Em vídeo, Denarium pede que caminhoneiros liberem a BR-174

Em vídeo, Denarium pede que caminhoneiros liberem a BR-174

O governador Antônio Denarium (Sem partido) pediu que os caminhoneiros que bloqueiam a BR-174, sentido Amazonas, liberem a rodovia para passagem de veículos de passeio e cargas para que Roraima não seja prejudicado.

Em vídeo publicado nas redes sociais, Denarium destacou o grande movimento realizado no dia 07 de setembro ‘em prol do presidente Bolsonaro e da democracia’, mas pediu que os manifestantes continuem a vida. “

“Fechar as estradas não vai melhorar em nada para Roraima. nós estamos aqui na ponta, se fechar a rodovia lá no Amazonas eles não vão perder nada, mas Roraima perde”, afirmou.

Conforme o governador, o estado poderá ficar desabastecido de alimentos e combustíveis caso a rodovia não tenha o tráfego liberado.

“Vamos liberar as estradas, dar o direito de ir e vir. Aqui em Roraima vai faltar alimento, óleo diesel, energia elétrica e tumultuar a vida das pessoas . Quem perde mais são as pessoas de baixa renda que mais precisam. Vamos trabalhar, ficar atentos e voltar a vida normal”, frisou.

Bolsonaro- Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) já havia gravado um áudio pedindo aos caminhoneiros que liberem as estradas do país. Na gravação, Bolsonaro diz que a ação “atrapalha a economia” e “prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres”.

“Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação e prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres. Então, dá um toque no caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade. Deixa com a gente em Brasília aqui e agora. Mas não é fácil negociar e conversar por aqui com autoridades. Não é fácil. Mas a gente vai fazer a nossa parte aqui e vamos buscar uma solução para isso, tá ok? E aproveita, em meu nome, dá um abraço em todos os caminhoneiros. Valeu”, disse o presidente na gravação.

Entenda- Assim como ocorre em vários estados do país, caminhoneiros autônomos iniciaram, na tarde desta quarta-feira, 08, um bloqueio por tempo indeterminado, no trecho que fica no KM 482 da BR-174, sentindo Amazonas (AM). Conforme os manifestantes, o protesto ocorre em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e contra o aumento nos valores dos combustíveis. Em vídeo divulgado nas redes sociais, os caminhoneiros afirmam que o bloqueio seguirá enquanto o “povo” quiser.

Deixe um comentário