You are currently viewing Prefeito decreta semi lockdown
Prefeito Arthur Henrique (Foto: Semuc/PMBV)

Prefeito decreta semi lockdown

O prefeito Arthur Henrique (MDB) anunciou novas medidas de prevenção ao covid-19, entre elas, o fechamento de bares e restaurantes a partir das 15h de segunda à sexta-feira, respeitando o limite da capacidade de 30% de pessoas.

A informação foi divulgada em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 27. Arthur informou que a medida é válida para todos os estabelecimentos alimentícios, seja bares, restaurantes, lanchonetes, açaí, conveniências, sorveterias, flutuantes, distribuidoras e qualquer tipo similar.

De segunda a sexta, a partir das 15h, os comércios só poderão realizar entrega ou no sistema drive-thru. Nos finais de semana (sábados, domingos e feriados) os estabelecimentos não poderão nem ser abertos, funcionando somente no sistema de delivery e drive-thru.

O prefeito também suspendeu a realização de missas, cultos e celebrações religiosas na Capital por 15 dias no formato presencial. Ele justificou a medida afirmando que o volume de pessoas que saem de casa para as igrejas é muito alto. “Sabemos que as igrejas obedecem as regras de distanciamento e uso do álcool em gel, mas os eventos normalmente acontecem nos mesmos horários e temos uma circulação muito alta de pessoas nas ruas no mesmo momento”, disse.

Arthur também vai suspender o retorno das aulas presenciais nas escolas particulares, que iniciaria na semana que vem; o desligamento das luzes das praças públicas; o fechamento da Vila Olímpica e quadras para atividades esportivas; além de ressaltar a suspensão de realização de casamentos, aniversários e festas; acesso ao Bosque dos Papagaios e balneários públicos. entre outras atividades.

Outra ação é a abertura de um seletivo de saúde para contratação de equipe técnica, para 120 médicos, 60 enfermeiros, 96 técnicos de enfermagem e 20 farmacêuticos com atuação nas unidades básicas de saúde. O prefeito alega que a contratação de mais médicos vai possibilitar a abertura de postos em horário prolongado, porém, não especificou quando o seletivo será realizado e quando os postos passarão a contar com esses profissionais.

“É um momento de comemorar a chegada das vacinas, mas ainda é um momento de se ter muita cautela. As vacinas que foram recebidas ainda não é para atender a população em geral. Elas estão sendo destinadas basicamente para os profissionais de saúde e as comunidades indígenas”, disse o prefeito na ocasião.