You are currently viewing COVID-19: Prefeitura gasta R$2,5 milhões com testes distribuídos gratuitamente pelo Ministério da Saúde

COVID-19: Prefeitura gasta R$2,5 milhões com testes distribuídos gratuitamente pelo Ministério da Saúde

Enquanto o Ministério da Saúde disponibiliza testes rápidos para diagnóstico do coronavírus gratuitamente, a Prefeitura de Boa Vista pretende gastar mais de R$ 2,5 milhões para a aquisição do material.

A situação foi denunciada pelo senador Telmário Mota, em suas redes sociais. “Será que a prefeita está preocupada com a saúde da população ou vai ganhar algo em troca? MP, abre os olhos!”, escreveu.

Conforme o pregão eletrônico nº 170/20, da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), será pago a empresa responsável o valor de R$ 2.421.555,50 para eventual aquisição de material de diagnóstico clínico para as unidades de saúde. E R$ 79.934,85, a outra empresa, para perfazer o total de itens.

Em abril, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), Roraima recebeu 2,4 mil testes rápidos, sendo que a Capital ficou com 800 unidades. Alto Alegre e Rorainópolis com 80 unidades. E os demais municípios com quantidade menor.

OUTRO CASO – Em junho deste ano, a Prefeitura de Boa Vista contratou uma empresa por R$ 5 milhões para fornecer mais testes rápidos. O contrato, de seis meses, previa a aquisição de mais de 50 mil testes que, conforme a gestão municipal, foram disponibilizados nos postos de saúde.