Site da Prefeitura contradiz Teresa sobre número de escolas construídas em Boa Vista

Site da Prefeitura contradiz Teresa sobre número de escolas construídas em Boa Vista

A prefeita Teresa Surita (MDB) iniciou uma campanha incessante para promover seu candidato à prefeito nas próximas eleições, Arthur Henrique (MDB).

Em suas redes sociais, Teresa tem feito várias publicações sobre o trabalho em várias áreas, entre elas na educação, afirmando que sua gestão teria construído 40 escolas municipais desde 2013.

Contudo, o Observatório de Boa Vista, plataforma criada pela própria Prefeitura para monitorar dados e indicadores municipais, contradiz a informação da prefeita sobre o quantitativo.

Segundo o levantamento do Observatório, apenas 28 escolas teriam sido construídas entre 2013 e 2020, média de quatro por ano. O site aponta, ainda, que todas as unidades foram construídas na zona urbana de Boa Vista, e nenhuma na zona Rural.

Veja os números-

Em 2013, quando Teresa iniciou seu terceiro mandato à frente da prefeitura, Boa Vista contava com 96 unidades de ensino, sendo 79 na zona urbana e 17 na zona rural. Nos três anos seguintes, entre 2014 e 2016, apenas duas escolas foram construídas, todas na área urbana. Já entre 2017 e 2020, outras 9 unidades foram inauguradas, totalizando 28 escolas.

Das 124 unidades da rede municipal de ensino de Boa Vista, apenas 64 são listadas como escolas de ensino pré-fundamental e de anos iniciais do fundamental. As demais são classificadas com creches e instituições para Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

Mesmo após a assessoria da Prefeitura ter encaminhado ao Política Macuxi a listagem das escolas construídas, os números não batem, tendo em vista que o município informa que, em 2012, haviam 87 escolas municipais na capital e que construiu, em 2013, seis unidades, totalizando 93 escolas. Porém, o Observatório municipal aponta que, neste ano, Boa Vista contava com 96 escolas.

Outro lado-

Em nota encaminhada ao Política Macuxi, a Prefeitura de Boa Vista informou que em 2012, antes da atual gestão, havia 87 escolas municipais na capital e que, desde 2013, construiu 39 novas escolas e creches- uma a menos do que informado pela prefeita, Teresa Surita-, sendo que duas não foram oficialmente inauguradas devido à pandemia do novo coronavírus.

A prefeitura justificou que o gráfico do Observatório relacionado à quantidade de unidades de ensino em 2013 já conta com as escolas e creches construídas naquele ano (2013).

“Para melhor compreensão em futuras pesquisas, a prefeitura fará modificações que facilitem a leitura e comparativos exatos dos referidos gráficos, incluindo o ano de 2012”.

Deixe uma resposta