Debate digital discute a segurança da urna eletrônica

Debate digital discute a segurança da urna eletrônica

A ‘Segurança da Urna Eletrônica’, será tema de um debate virtual promovido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR), por meio da Escola Judiciária Eleitoral. O evento ocorre nesta quinta-feira, 6 de agosto, às 19h, e será transmitido pelo canal TRE – Roraima, no YouTube, no link http://bit.ly/3ac0awi.

Conforme o TRE, a discussão do assunto tem sido pautada por uma parcela significativa da população que é induzida a desacreditar os trabalhos eleitorais e alimentam inúmeras dúvidas sobre os mecanismos utilizados nas eleições. Apesar desse cenário, não há nenhuma comprovação de fraude durante os 24 anos de utilização das urnas eletrônicas no país.

O coordenador da Escola Judiciária Eleitoral de Roraima, José Maria Neto, explicou que a proposta da live é fomentar a discussão e levar informação aos eleitores e público em geral.

 

“Desde as eleições de 2018, foi crescente a onda de desinformação acerca da segurança da urna eletrônica, o que acaba por repercutir em todo o processo eleitoral”, ressaltou.

Segundo o coordenador de logística e soluções corporativas do TRE-RR, Fábio Barros, que será um dos debatedores do evento, o objetivo é apresentar e esclarecer mitos e verdades relacionados à segurança da urna eletrônica.

“Iremos abordar temas como computação de votos, votos impressos, fraudes, auditoria e segurança de urnas. O Brasil é referência mundial em processo eleitoral informatizado. Mais de 30 países adotam o sistema brasileiro. Não há caso de fraude comprovado durante os 24 anos de utilização desse sistema. Têm suspeitas e investigações. Mas nada comprovado. O TSE aposta em várias barreiras de segurança. Isso representa eficiência e transparência no processo de votação”, destacou.

Para o analista judiciário Sílvio Fernando, mediador do encontro virtual, realizar um debate a respeito da segurança das urnas eletrônicas garante ainda mais confiabilidade ao processo de votação e faz com que a sociedade conheça de perto esse processo através de uma informação segura e correta, fortalecendo a democracia brasileira e criando um elo entre o TRE-RR e a sociedade roraimense.

“É uma excelente oportunidade para afastar qualquer dúvida que possa haver de possibilidade de fraude na urna. Não se tem notícia de fraude comprovada, mas são inúmeras as tentativas de comprometer a idoneidade e segurança dessa ferramenta já consolidada como instrumento de cidadania”, disse.

Deixe uma resposta