Enfermeiros pedem apoio de Jalser para sensibilizar Governo

Enfermeiros pedem apoio de Jalser para sensibilizar Governo

Após ser procurado por profissionais de saúde nesta quarta-feira (13), o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier (SD), se comprometeu a interceder no diálogo com o Governo do Estado para que seja cumprido o acordo firmado pelo Executivo com a categoria no início deste ano, momento em que estes trabalhadores estavam em greve.

As principais reivindicações dos profissionais da Enfermagem são melhorias nas condições de trabalho nas unidades de saúde do Estado, pagamentos de progressão e retroativo salarial. Na Lei Orçamentária Anual 2020, o presidente da Assembleia Legislativa articulou uma emenda de comissão em mais de R$ 24 milhões destinadas ao pagamento destas progressões.

Diante das demandas e da atual situação, agravada pelo avanço do coronavírus em Roraima, Jalser Renier afirmou que buscará uma audiência com o governador Antonio Denarium, para discutir o futuro dos profissionais da Saúde neste cenário de pandemia.

“O que eu posso fazer como legislador é me empenhar para que esse acordo seja cumprido. Entendo todas as dificuldades pela qual passam o Estado com essa pandemia, mas não posso ser injusto em dizer que se não fossem os profissionais da enfermagem, a Saúde estaria bem pior”.

Segundo o presidente do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Roraima (Sindprer), Melquesedeque Menezes, sem o apoio, materiais e condições de trabalho, a Saúde pode entrar em colapso no início de julho, “Fizemos 41 dias de greve [em 2019] para isso não haver (…) saúde é um dever do Estado e direito do povo”.

Nesta conversa com o presidente da Assembleia Legislativa, o sindicalista falou sobre uma possível paralisação da categoria caso uma técnica de enfermagem, internada em estado grave no HGR (Hospital Geral de Roraima), com resultado positivo para covid-19, morra. “Se essa colega vier a óbito, a enfermagem para no mesmo dia”, destacou.

Deixe uma resposta